Deputado Wladimir Costa foi outra vítima de vazamento íntimo e teria tido imagens suas com uma loira expostas na rede #boato #fakenews

O Boato : Um vídeo de teor íntimo envolvendo o deputado Wladimir Costa (SD-PA) e uma loira caiu na internet, e o político foi até o Superior Tribunal Federal exigindo que ele fosse retirado do ar.

No atual cenário político do país, principalmente em se tratando dos processos de cassação que o presidente Temer sofreu nos últimos meses, uma figura acabou ganhando destaque nas mídias, trata-se do deputado Wladimir Costa, um dos defensores mais ferrenhos do presidente. Por esse motivo ele acabou virando quase um símbolo dos políticos aliados ao atual governo.


A sua posição a favor de Temer é tamanha que ele chegou a exibir uma tatuagem antes da votação, em entrevista, ele afirmou que ela era definitiva, mas atualmente já não pode mais ser vista. Antes da primeira votação, no qual o presidente saiu vitorioso, a tatuagem havia sido o assunto do momento.

Já durante a segunda votação, os holofotes se voltaram para outro fato, também envolvendo Costa, na verdade um vídeo com imagens íntimas, na qual apareciam uma mulher loira e um homem, que rapidamente viralizou no WhatsApp, e logo alguns usuários passaram a identificar o deputado como sendo o homem nas imagens.

Mensagens diferentes circulam sobre Wladimir Costa em suposto vídeo

Dois fatores também ganharam proporções com a história, primeiro dizia respeito ao fato do deputado ter ido ao STF para retirar o vídeo do ar. E uma possível notícia dada pelo jornal Estadão dizia que ele tinha protocolado esse pedido no dia 16 de outubro de 2017.

Confira o print da mensagem que anda circulando pela rede:

Essa é considerada a primeira parte da mensagem, que logo ganhou também o WhatsApp. No exato dia da votação, a notícia ganhou proporções ainda maiores. A mensagem dizia que os próprios deputados estavam trocando as imagens de Costa pelo aplicativo de mensagem.

Mas será que realmente o deputado Wladimir Costa teve um vídeo seu com uma loira divulgado na internet?

No primeiro momento a gente nem iria desmentir essa história, uma vez que nem os próprios deputados acreditaram na inocência do amigo, mas na verdade, tudo não passa de um grande boato. O primeiro a ser analisado é a sua possível ida ao STF, não existe nenhum documento protocolado pelo deputado no órgão, muito menos fazendo referência a nenhum vídeo.

Se caso Wladimir Costa tivesse realmente entrado com esse requerimento junto ao órgão, muito provavelmente esse fato teria virado notícia, e não ficado apenas nos bastidores. E não teve nenhuma linha sobre o assunto, nem mesmo no Estadão, como afirmava a primeira mensagem.

Outro ponto muito importante para elucidar essa questão é que o homem que aparece nas imagens não é o ilustre deputado com tatuagem. Na verdade, é uma produção estrangeira (não vamos postar o vídeo aqui por motivos óbvios, somos um site de família). De acordo com sites especializados no assunto, as imagens que aparecem no vídeo são de uma “massagem prostrática”, e já está disponível na web por pelo menos três anos.

VEREDITO: ESTE BOATO É VERDADEIRO OU FALSO?

Resumidamente, o senhor do vídeo não é o nosso enfático deputado, Wladimir também não foi ao STF pedir a remoção de nenhum vídeo da rede, e os deputados perderam um tempo valioso falando de algo que não é verdadeiro.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *